Uncategorized

Cuidados ao contratar uma vidraçaria

Ninguém quer ter a experiência de contratar um serviço ruim. Especialmente quando se trata de uma vidraçaria.

Um serviço desse tipo, se for mal feito, pode – inclusive – arriscar a integridade física das pessoas envolvidas. Além da dor de cabeça que poderia ter sido evitada.

Por isso, é de suma importância saber quais aspectos avaliar na hora de escolher uma empresa que faz trabalhos com vidro.

No texto a seguir, conheça os erros mais comuns na hora de contratar vidraçarias, saiba como evitá-los e fazer um bom negócio para a sua empresa de cabeamento de rede residencial e muito mais.

Erros comuns na hora de contratar vidraçarias

Nem sempre a pessoa que está precisando de serviços relacionados a vidros tem experiência no assunto.

Por isso, o processo de contratação pode ser executado de maneira errada ou insuficiente.

Listamos os principais erros que costumam acontecer nesse contexto. Acompanhe os tópicos para conhecê-los e não repeti-los nas empresas como transferencia de veiculo.

Escolher pelo preço

Em tempos de crise econômica, é melhor não ficar gastando com serviços luxuosos e extravagantes. No entanto, considerar apenas o menor preço pode ser perigoso.

Assim, é necessário encontrar o melhor custo-benefício, e isso significa que nem só o preço do serviço deve guiar a sua escolha. A qualidade é muito importante.

Estamos falando de um item que vai compor a decoração da sua casa ou o acabamento do enfardadeira vertical. Nos dois casos, a segurança também está em jogo.

Por isso, ao escolher um serviço medíocre, provavelmente será uma questão de tempo para os problemas aparecerem.

Então, não escolha apenas pelo preço. Compare empresas, atendimento ao cliente, ofertas de produtos e formas de contrato, bem como a capacidade de resposta da empresa aos problemas e as avaliações prestadas por outros clientes, identificando as forças e riscos de contratar a empresa.

Mesmo pagando um pouco mais, o ideal é ter um atendimento de alto nível e ter a garantia de que manutenções, quebras e cenários de perigo serão evitados.

Contratar por indicação

Conversar com colegas e amigos pode te ajudar a encontrar o melhor serviço, mas as indicações não podem ser as únicas alternativas.

Tenha o nome da empresa indicada e pesquise na internet por recomendações, críticas e reclamações sobre ela.

Essa é uma boa maneira de comprovar se as indicações são realmente boas.

Descumprir o contrato

Um contrato é um documento extremamente detalhado com muitos termos e restrições.

Em muitos casos, o cliente entra em conflito com a empresa acionada por causa de questões que foram previstas no contrato, mas não foram atendidas pelo contratado.

Esse é um tipo de erro facilmente evitável que prejudica muito a relação com o prestador de serviço.

Fique atento aos detalhes presentes no contrato. Se você não domina a linguagem do documento, consulte um advogado.

Não se planejar

Um exemplo prático: se um profissional recém-formado quer ser contratado para uma vaga que exige habilidades em prevenção de acidentes no trabalho, ele procura por um treinamento de cipa online.

Quem busca por vidraçaria, obviamente, não precisa saber como executar o serviço. Mas é pertinente saber, pelo menos, os detalhes do serviço requisitado. Isso inclui estabelecer:

  • Tipo de vidro desejado;
  • Escolha das esquadrias;
  • Identificação dos calços;
  • Necessidade de vedação.

Escolher o envidraçamento certo é tão importante quanto ter pessoas qualificadas para fazer a instalação. Além disso, saber as medidas exatas e o tipo certo de vidro para onde você deseja aplicá-lo é essencial para um projeto de sucesso.

A escolha das esquadrias também influencia o acabamento do vidro. Existem diferentes tipos de esquadrias no mercado, sendo as mais populares as de alumínio, madeira e PVC, definindo as margens, beleza e até estilo do espaço.

Cada uma delas é adequada para um tipo de vidro. Para tirar dúvidas sobre o melhor modelo para o seu caso, converse com o projetista e o vendedor na hora de adquirir o material.

Já os calços são usados ​​para evitar troca de calor e atrito entre o vidro e a estrutura. É um item extremamente importante na instalação de vidros, pois evita o aparecimento de trincas e até mesmo quebras ao longo da passagem do tempo.

A vedação é outro elemento fundamental para essa modalidade de instalação. Sua ausência pode causar vazamentos de água, danos causados ​​por enchentes e até mesmo perda de bens.

Para fazer a vedação, é primordial contar com os silicones e borrachas corretos. Caso o instalador opte pelo silicone, deve ser colocada uma fita adesiva nas bordas do vidro para evitar respingos no material.

Caso opte pela borracha, não se deve esticar o material, pois isso pode afetar a acomodação do vidro.

Dicas para contratar vidraçaria

Principalmente usados ​​para trazer leveza, transparência e amplitude aos espaços, vidros e espelhos estão cada vez mais aparecendo na decoração de interiores.

Para isso, eles podem ser utilizados de diversas formas em:

  • Painéis;
  • Elementos de decoração;
  • Móveis;
  • Acabamentos.

Existem muitas lojas especializadas no mercado que oferecem desde vidro simples até vidro de segurança laminado, adequado para balaustradas, escadas e piso autonivelante preço.

Assim, na hora de escolher um fornecedor, é importante tomar alguns cuidados para evitar problemas e acidentes causados ​​pelo uso de materiais de qualidade inferior ou má instalação. Aqui estão algumas dicas para aquisições bem-sucedidas.

  1. Formalize a contratação

Atrasos, vidros sem especificações e erros de instalação são problemas comuns ao trabalhar com instaladores inexperientes ou não comprometidos. Fornecer vidro com espessura menor do que o contratado é outro erro grave.

Dependendo da aplicação, peças muito finas podem não suportar seu próprio peso e podem quebrar.

Portanto, faça um contrato para cobrar requisitos de segurança e verifique se as especificações estabelecidas pelo arquiteto e/ou engenheiro foram atendidas corretamente. 

  1. Evite ser lesado

Ao receber o vidro, é importante verificar sua espessura e avaliar se o acabamento e a cor do material estão de acordo com o contrato.

Profissionais de arquitetura têm conhecimento técnico para fazer esse tipo de avaliação. Por isso, pode ser conveniente ter o auxílio deles.

No entanto, um bom vidraceiro pode orientar os clientes sobre o produto mais adequado para cada aplicação.

Além disso, há equipamentos usados para saber, por exemplo, se o vidro é mesmo temperado ou não.

  1. Compre com confiança

Para encontrar um vidraceiro de confiança, nada melhor do que uma indicação de quem testou o serviço.

Lojas de semijoias e até antiquários costumam ter uma lista de  empresas de banho de ouro com as quais vale a pena fazer negócios, assim como de tantos outros serviços/produtos que envolvem a venda e reforma de joias, por exemplo.

Também é possível checar na internet se há muitas reclamações sobre a empresa em questão. Finalmente, é uma boa ideia examinar o histórico e o portfólio da empresa para verificar se adequa ao estilo de serviço desejado.

  1. Observe a qualidade do vidro

A origem do vidro é um fator importante para julgar sua qualidade. Normalmente, fornecedores tradicionais com muitos anos de estabelecimento mantêm a boa procedência de seus produtos para não perderem reputação no mercado.

Ao comparar ofertas, não se concentre apenas no preço. Por exemplo, o vidro temperado, também conhecido como vidro de segurança, deve ter uma identificação indelével do fabricante impressa na placa.

Além disso, fornecedores confiáveis ​​costumam ter certificação do Inmetro ou selo ISO 9001, então tome cuidado e atente-se a esses aspectos.

  1. Cuidado com a instalação

Um produto de qualidade é inútil se for instalado incorretamente. Uma instalação planejada, com informações sobre materiais, ancoragens, configuração e vedação, é essencial, principalmente em empreendimentos mais complexos, como projetos de prensa enfardadeira para reciclagem e fechamento de varandas.

Para isso, peça a um engenheiro civil e/ou arquiteto o orçamento detalhado e acompanhamento dos processos da obra.

Por último, para evitar surpresas desagradáveis, certifique-se de que o instalador é qualificado. 

  1. Escolha espelhos de boa procedência

No caso específico dos espelhos, a qualidade é fundamental para evitar que após certo tempo a peça comece a escurecer ou amarelar.

Os fornecedores mais conceituados costumam ter uma marca gravada no verso da placa, identificando o fabricante e o código de rastreabilidade.

Nos últimos anos, a produção de superfícies mais resistentes a manchas, arranhões e riscos aumentou consideravelmente.

Dessa forma, os espelhos são adequados para uso em bancadas, tábuas, painéis de parede, expositores de loja de banho em semi joias Limeira e muito mais. 

  1. Escolha o tipo de vidro adequado

Há vários tipos de vidros. Além da espessura, cor e acabamento, existem diferenças de resistência, flexibilidade e variações de temperatura.

Portanto, alguns são puramente decorativos e outros podem fazer parte de estruturas, como cobrir uma fachada.

O vidro temperado é um dos mais utilizados pois, quando quebra, ele se quebra em pequenos pedaços com bordas que não são cortantes.

Em projetos de interiores, o vidro extraclear é muito procurado porque não possui a cor verde comum aos vidros transparentes e incolores. 

  1. Informe-se sobre a manutenção

O cliente deve ser orientado pelo fabricante do vidro sobre a melhor forma de realizar a manutenção, bem como sobre os cuidados e limitações do produto.

Em geral, deve-se evitar o uso de produtos abrasivos (lixas e palhas de aço) e ácidos na superfície.

A mistura de água e detergente costuma ser suficiente. Se não, há produtos específicos para a limpeza desse tipo de material.

Para essas duas formas de limpeza, tenha os seguintes cuidados: use sempre esponja, escova e pano macio, sempre remova completamente os desinfetantes e seque a superfície em seguida.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Qual é a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você pode gostar